quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Frutíferas em vasos (4) - a fruta-do-mistério

Matriz da fruta-do-mistério (Syzygium sp.) cultivada no E-jardim
















As estatísticas do Blog do e-jardim mostram que um dos temas mais pesquisados por nossos leitores é o cultivo de frutíferas em vasos. Abordamos o assunto em junho de 2008, em uma pequena sequência de três posts, que até hoje lidera as consultas dos internautas. Atendendo a inúmeros pedidos, retornamos ao tópico.

Uma das mais interessantes espécies que podem ser mantidas em potes recebe o curioso nome de fruta-do-mistério. Anos atrás, recebi-a de presente de um amigo bonsaísta, que a teria trazido do Hawaii. Cultivei-a com carinho, proporcionando substrato bem aerado e adubado, regas frequentes e iluminação intensa. O desenvolvimento da mudinha foi muito rápido, e logo sua pequena copa tomou um bonito formato de guarda-chuva (umbeliforme, na linguagem botânica). As primeiras flores apareceram com muita precocidade, e em seguida se transformaram em vibrantes frutinhos vermelho-escarlates. Os últimos, apesar do reduzido tamanho, são doces, macios e suculentos, sem traços de acidez.

Os vibrantes frutinhos vermelho-escarlates são doces e saborosos
Claro que, quando recebi o regalo, perguntei o nome da planta. O Vladimir (assim se chamava o pai da criança) me disse que não sabia, e que no Hawaii apelidaram-na de "mistery fruit" (fruta-do-mistério). Por motivos óbvios, tornou-se uma estrela entre os amantes da milenar arte japonesa.

Muitas pessoas que nos visitam ficam fascinadas por nossa matriz da fruta-do-mistério, um vaso de 25 litros com um arbusto denso e sempre viçoso, produzindo dezenas de frutinhos. Alguns exclamam: "Ah, é a fruta-do-milagre!". Não, nada além da cor rubra a aproxima do Synsepalum dulcificum, a miraculosa fruta que altera a percepção do sabor ácido para o doce. Outros convidados mais calejados sugerem o nome popular cereja-da-praia (Eugenia punicifolia), espécie amplamente distribuída pelo Brasil. Chute para fora (não muito longe), pois embora a fruta-do-mistério se pareça de fato com uma mirtácea, e mais ainda com uma eugênia, sua polpa é branca e doce, suculenta, com a semente completamente destacada da polpa. Ao que tudo indica, trata-se de uma espécie de Syzygium, gênero do Velho Mundo fortemente aparentado com os neotropicais integrantes de Eugenia.

Enquanto persistir o suspense, continuaremos a chamá-la simplesmente de "fruta-do-mistério". Humilde e despretensiosa, fazendo um tremendo sucesso entre os que se atrevem a cultivá-la.

Mudas disponíveis e mais informações em nosso site, no link:

http://www.e-jardim.com/produto_completo.asp?IDProduto=211

3 comentários:

Unknown disse...

Ola, parabens pelo comentário. A mnha Grumixama Anã que comprei com vcs já faz uns 5 anos, ainda produz frutos no mesmo vaos que a plantei.

Eduardo Jardim disse...

Que ótimo saber que sua grumixama-anã frutifica bem, e em vasos. Parabéns!

SERGIO FERREIRA disse...

Esta FRUTA DO MISTÉRIO atrái pássaros?
Sergio Ferreira.